Fundação de Serralves
Fundação de Serralves
Fundação de Serralves

Conheça mais sobre a história da icónica Fundação de Serralves

Situada na cidade do Porto, a Fundação de Serralves é uma instituição cultural constituída por um parque, aberto ao público, onde se situa uma Casa, um Museu de Arte Contemporânea e uma Biblioteca. Todo o espaço é de grande beleza e criatividade, enaltecendo a cultura portuguesa e contribuindo para o enriquecer desta, bem como prestando contributos públicos variados.

Veja nosso Post anterior sobre Serralves em Festa

“A Fundação organiza e apresenta anualmente ao público uma programação diversificada de iniciativas, tendo como fins incentivar o debate e a curiosidade sobre a arte, a natureza e a paisagem, educar de forma criativa e promover ativamente a reflexão sobre a sociedade contemporânea.” In Serralves.pt

Considerando o seu relevante interesse arquitectónico, o património imobiliário de Serralves foi em 1996 classificado como “Imóvel de Interesse Público

Fundação de Serralves, fonte: serralves.pt

Fundação de Serralves, fonte: serralves.pt

No período da pós-revolução, a população do Porto começava a criar alguns movimentos que reclamavam por um espaço para promover a cultura na cidade, nomeadamente exibição da arte produzida na altura. Fruto destas constantes iniciativas, a Secretária de Estado da Cultura ordenou a implementação de um Museu Nacional de Arte Moderna que consequentemente levou à aquisição, por parte do Estado, da Quinta de Serralves em 1986.

No ano a seguir abriu ao público Casa Serralves e o Parque de Serralves, sendo a Fundação Serralves criada em 1989, constituída por uma Comissão Instaladora composta por Jorge Araújo, Teresa Andresen e Fernando Pernes.

Parque de Serralves

O Parque de Serralves é um espaço verde, aberto ao público, que se estende por 18 hectares e que envolve o Museu de Arte Contemporânea, envolvendo também o jardim que compõe o redor da Casa de Serralves.

 

Fundação Serralves

Parque Serralves

 

O parque é o resultado de uma paisagem em desenvolvimento ao longo de mais de um século, incluindo vestígios de um jardim do Século XIX e da quinta do Mata-Sete. É composto por flora típica da Região Norte de Portugal, sendo que atualmente estão expostas obras de arte de vários artistas contemporâneos ao longo do Parque.

Casa de Serralves

Localizada no Parque de Serralves, a Casa de Serralves é considerada um exemplar único da arquitetura “Art Deco” do país.

Fundação de Serralves

Fundação de Serralves

Mandada construir pelo 2º Conde de Vizela no início do século XX, o projeto ficou a cargo do arquiteto francês Charles Siclis e os jardins a cargo de Jacques Gréber. Ambos os projetos foram coordenados e desenvolvidos também pelo arquiteto Marques da Silva, que após hesitações e alterações sucessivas, viu a obra ser finalizada em 1940.

Em 1944 o Conde de Vizela instalou-se finalmente na casa, mas cerca de uma década mais tarde acabou por vender a propriedade a Delfim Ferreira, Conde de Riba de Ave. Até aos anos 80 o espaço permaneceu inacessível ao público até que, em 1986, o Estado adquiriu a quinta aos herdeiros de Delfim Ferreira, permitindo a sua abertura à cidade.

Foi na década de 80 que a Casa de Serralves se tornou o centro de um projeto que culminou na instalação de um dos mais importantes polos culturais e artísticos do país: a Fundação de Serralves.

Museu Arte Contemporânea

Projetado pelo Arquiteto Siza Vieira, o mais premiado arquiteto contemporâneo português, o Museu Serralves localiza-se no Parque de Serralves e serve de exposição a obras de arte de vários artistas.

 

Museu de Serralves

Museu de Serralves

Mandado construir em 1996 e inaugurado em 1999, é considerado um espaço de referência, a nível internacional, relativamente à exibição de arte contemporânea.

O espaço conta com uma coleção permanente constituída por obras realizadas desde os finais do século da década de 60 até aos dias de hoje. De entre alguns nomes de artistas contemplados no museu, encontram-se: Helena Almeida, René Bértholo, Álvaro Lapa, Adrian Piper, Ângelo de Sousa, entre muitos outros.

Localizados dentro do museu, a Fundação de Serralves conta também com uma Biblioteca, um auditório e um restaurante.

Como chegar à Fundação Serralves?

 

Apartir da Yours Guesthouse & Bistro, onde pode descansar numa genuína Guest House ou fazer uma refeição num “cozy” Bistrô, ande uns minutos até à estação da Trindade onde pode apanhar qualquer linha de metro com sentido Oeste de modo a sair na estação Casa da Música. A partir daí pode apanhar 201, 203, 502 ou 504 na Rotunda da Boavista.

Deixe a sua resposta