Inspiração Portuense – HandMade By YOURS
Inspiração Portuense – HandMade By YOURS

Azulejos do Porto Com tecidos que nos remetem para os azulejos da cidade do Porto nasceram as bolsas de Inspiração Portuense inseridas numa linha de produtos que reflectem o espírito tradicional de Portugal. Estas bolsas são feitas em tecidos nacionais, medem 18cmX12cm e custam 11€ + portes de envio. Os tecidos usados são o linho cru, o algodão com o padrão dos azulejos e o laminado – Handmade by Yours Seguem algumas imagens: Para informações e encomenda por favor envie email para: luisa.amorim@yoursporto.com  

Comentários: 0
Peregrinação à Caldeireiros

Um dos locais de devoção popular do povo de Vitória (e não só) está no topo da Rua dos Caldeireiros. É aqui que eles adoram a imagem do Senhor da Boa Fortuna, que hoje comemora a sua festa anual. A festa é comemorada num lugar muito antigo do Olival, no atual Campo dos Mártires da Pátria, que é entre as ruas de Trás, dos Caldeireiros e S. Bento da Vitória. Foi lá, no topo da Rua dos Caldeireiros anteriormente Ferraria de Cima, que desde tempos longínquos se levantou no meio da rua o altar do Senhor da Boa Fortuna. Nesta fase da história, os leitores podem perguntar-se, como é que um altar que estava no meio da rua foi parar à parede de um edifício? Vamos por parte. Desde muito tempo, em certas ruas do Porto foram construídos devido à devoção do povo, dezenas de altares de granito. Só na Rua Bonjardim havia 14. Alguns, como foi o caso do santo das Almas, tinha a figura de Cristo esculpida na pedra; outros, como o do Reguinho, da invocação do Senhor dos Aflitos, estava no desaparecido Largo do Reimão, eram lisos e ostentava a imagem de Cristo, mas pintado com as […]

Comentários: 0
10 vistas mais altas do Porto

Enquanto Portugal é um destino quase desconhecido para a uma boa fatia dos viajantes, o Porto tornou-se no melhor destino turístico de 2012 e um dos destinos escolhidos pelo New York Times para visitar em 2013. Porto foi também o Top 10  destino de viagens na Europa para a Lonely Planet em 2013 http://www.lonelyplanet.com/europe/travel-tips-and-articles/77757 Para muitos que querem fazer a viagem da sua vida, o Porto oferece experiências genuínas, associando a descoberta do passado histórico ao património cultural e contemporâneo. O Porto passou a figurar numa das melhores experiências vividas pelos turistas. Recria-se o imaginário e vive-se a segunda cidade de Portugal. Uma das melhores maneiras de visitar uma cidade, além de percorrer as suas ruas e saborear a sua gastronomia é ver a cidade com outros olhos! Poder vislumbrar o magnífico Rio Douro, âncora do famoso Vinho do Porto, a icónica Ponte d. Luís I, as igrejas barrocas e a modernidade do património contemporâneo da Casa da Música e o Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves, é um privilégio inesquecível. Porque não o fazer através das 10 vistas mais altas do Porto. Segue a nossa eleição: 1 – Torre dos clérigos 2 – Funicular dos guindais 3 […]

Comentários: 0
Uma visita ao Café Reimão

A YOURS não lê os astros. mas o Café Reimão é um verdadeiro supermercado de degustação! A partir de agora, e todas as semanas (ou quando nos apetecer),  podemos conferir o que aí vem de bom, mau, mais ou menos e terrível para os dias de patuscadas que se seguem. Sem compromissos. Como estamos muito interessados nas escolhas gastronómicas das pessoas e uma vez que as comidas mostram sempre algo de cada um, fomos às onze da noite, ao café Reimão Depois de uma conversa que há 200 anos dava direito a uma massagem fatal ao pescoço com uma corda decidimos espreitar…o café Reimão.   O pitoresco Café Reimão Uma das questões que torna interessante este pitoresco lugar do Porto é sentir que depois de entrarmos este é o lugar onde ficam as pessoas que, depois de velhas, continuam a tocar guitarra como se não houvesse amanhã! Logo agora que sobrevivemos à era do Keep Calm, onde cada um faz as suas interpretações, este regresso ao mundo gastronómico é aquilo que mais gostamos neste projecto. As anfitriãs, no seu jeito de bem receber meio menina rural, meio dona de casa norte-americana dos anos 50, daquelas que prepara bolos e tal, […]

Comentários: 0
Inspiração #1

E porque não há nada melhor do que criar inspirada! Pelas cores, pelas texturas e pela ideia do que pode nascer… photos: © luísa amorim   Estas são as minhas mais recentes ideias. Em breve estarão na Yours Store! Espreitem! E a vocês? Qual é a vossa inspiração?

Comentários: 0
Os mergulhos no Douro e os “Meninos do Rio”

Os mergulhos no Douro, são uma das mais antigas tradições do Porto que se vivem na ponte D. Luiz I. Sabem que na ponte D. Luiz I se vive uma das tradições mais antigas do Porto? Os mergulhos no Douro deram origem a tantas histórias. Levam-nos a descobrir uma relação ancestral entre os habitantes da Ribeira e os elementos icónicos que sobressaem na paisagem urbana. Os mergulhos no Douro e os “Meninos do rio” – transforma-se a aventura, o risco, o querer em valores locais tanto quanto o património, a gastronomia ou o artesanato. O Porto espalha-se e atira-se também na sua múltipla diversidade de paisagens, de história, de gentes, costumes e tradições que foram perdurando ao longo dos tempos e se actualizaram na contemporaneidade dos nossos dias. Este museu ao ar livre assenta o seu conceito basilar na criação de imagens que se interligam e complementam até aos nossos dias. Talvez por isso e desde o filme de Manoel de Oliveira datado de 1942, muitos se sensibilizaram pela utilização deste património local. Lembra ainda a capa icónica de um grupo musical muito apreciado aqui pela gente das ruas. Considerado como um dos discos mais emblemáticos da carreira dos GNR, a […]

Comentários: 0
Tecidos e Linhas

Não há nada melhor do que andar metida entre tecidos e linhas numa retrosaria na Baixa da cidade do Porto ou passar horas na Internet a ver tecidos da Amy Buttler, da Free Spirits ou Kokka e descobrir as últimas tendências. Tecidos e Linhas – Sempre gostei de botões e fitilhos, bordados inglês, máquinas de costura e chitas de Alcobaça. Remete-me sempre à casa da minha Avó Paterna no Redondo – Alentejo. Da brisa fresca que se sentia dentro de casa em tardes solarengas e abrasadoras de Verão, do cheirinho tão característico das arcas abertas onde os lençóis de linho e as cobertas de chita se colocavam, e de um belo lanche ao fim da tarde feito de merendeira com manteiga e limonada! Mas acho que o gosto pelo “criar” veio da minha Avó Materna que tinha umas ideias fora da época para aqueles tempos. De modelos mais avant-gard e diferentes materiais. Depois de alguma pesquisa, uma máquina de costura de prenda do meu marido e de algumas “costurices” oferecidas com muito carinho às amigas, o desafio foi lançado! Agora que tens mais tempo livre e tanto gosto a criar, porque não fazes algo que te faz verdadeiramente feliz? Este foi o início da Yours Store […]

Comentários: 0
Uma certa visão no Porto em imagens

Será esta a imagem que melhor distingue um certo olhar do Porto? Provavelmente, mas seguramente que “este” olhar, filmado, colorido destaca o melhor…do Porto! Estamos prontos para o mostrar! Uma certa visão no Porto em imagens O Porto é um paraíso para quem ama a vida. A vida fantasiosa das casas coloridas da Ribeira, emolduradas pelas pontes que ligam as duas margens do Rio Douro. Das varandas e das janelas profundas e ondulantes na Casa da Música, viradas para os verdejantes e antigos jardins do porto, alcançamos a volta perfeita! Para férias são uma deliciosa recordação. Os palácios, as igrejas, as ruas, o colorido dos festejos populares descobrem, recordam o tempo do Porto. Destacam o contraste do branco com o grisalho do granito cinzelado nas formas caprichosas que emolduram os sabores típicos das ruas, das janelas, dos edifícios, das igrejas, capelas. O inigualável património cultural e artístico e humano. Também o ouro faiscante que reveste o coração da gente que faz vida no Porto, é também um património monumental,  uma experiência diferente feita de pequenos e grandes prazeres. A arte de saber viver! Estórias de conhecimento, partilhas de devoção, o aprender de lendas e tradições, a arte popular e original de muitos ofícios e o deslumbre […]

Comentários: 0
Incredible India – uma viagem do Porto à India

Incredible India: uma viagem do Porto à India Contextualização: História: os primeiros castros urbanos surgem em 3500 AC ao longo do vale Hindo, o também rio que separa o actual Paquistão da Índia. Surge a cultura Harappan. A civilização expande-se para sudeste e mais tarde, entramos naquele que foi conhecido como período Védico. É neste período que são escritas as sagradas escrituras – Os Vedas – e cria-se o sistema de castas ainda hoje vigente. O período seguinte é complexo. Basicamente todos os povos da área passaram pela Índia deixando as suas marcas: império de Maurya, os Persas, os Romanos, os Gregos, os Chineses, Alexandre O Grande. Contudo foi no séc. VIII que grandes alterações na sociedade se fizeram sentir com a chegada dos Árabes e do Islão – o império Mughal. Estes tiveram o seu apogeu com o seu Imperador Akbar que em vez de aniquilar a religião Hindu, permitiu a sua interligação ao Islão e às restantes religiões. O período seguinte é dominado pelos Marathas ou Marajás, uma espécie de Reis que ainda predominam no território. Os Europeus e os Portugueses chegaram à Índia com intenções comerciais exceptuando os Ingleses que decidiram conquistar o território. Em 1947 Mahatma Gandi e Jawaharlal Nehru conseguem […]

Comentários: 0
Street Art – A arte urbana na Baixa do Porto

Street Art – A arte urbana na Baixa do Porto    Se olharmos com mais atenção podemos ver que nestas fachadas, muros ou portas, muitas vezes à espera de uma rápida (que teima em chegar) intervenção, surgem telas decoradas e reinterpretadas por arte viva. Street art – A arte urbana na Baixa do Porto veio para ficar e só precisamos de um pequeno olhar para rapidamente nos ligarmos a estas obras magníficas que cada vez mais decoram a nossa cidade. nem só de fachadas vive a baixa do Porto. Foi na Rua da Vitória que conheci o trabalho do Hazul Luzah e que adorei. Outros nomes como Mr. Dheo e Vhils começaram a povoar o meu universo. A eles e a tantos outros continuem com o magnífico trabalho que tem deixado a nossa cidade tão mais viva! Ficam as imagens.    Para conhecerem melhor o trabalho do Hazul seguem alguns links: http://mutante.pt/2015/04/mapa-hazul-luzah-street-art-porto/ http://p3.publico.pt/category/free-tags/hazul http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=769055 http://informacao.canalsuperior.pt/cooltura/19510 http://www.viva-porto.pt/Em-Destaque/guia-de-street-art-apresenta-mais-de-50-trabalhos-de-hazul-luzah-no-porto.html http://www.porto24.pt/praca/um-mapa-para-ir-a-procura-dos-trabalhos-de-hazul-luzah

Comentários: 0
Romaria de São João

E a Romaria de São João está a chegar! A Romaria de São João é, tal como Santo António e São Pedro, um santo popular. E é conhecido por ser um santo casamenteiro. A festa é celebrada em várias localidades portuguesas, mas a cidade onde os festejos são maiores é o Porto, onde o dia 24 de Junho é feriado municipal. Embora São João Baptista seja considerado por muitos o “padroeiro popular” da Invicta, o título oficial de padroeira da cidade do Porto pertence a Nossa Senhora da Vandoma. Na noite de 23 de Junho, a população sai à rua para festejar na companhia da sardinha assada, da broa, do caldo verde, dos pimentos e do vinho! O manjerico é um dos símbolos da festa, assim como os coloridos martelos de plástico e os alhos porros, utilizados pelas pessoas para bater (gentilmente) nas cabeças das outras pessoas. Balão de São João Fogo de Artificio São Joao 2013 Os balões de ar quente feitos em papel são outras das atracções que iluminam os céus na noite de São João. As cascatas sanjoaninas, uma espécie de presépio animado, feita com esculturas que exemplificam as artes, ofícios e arquitectura portuenses, são outra característica […]

Comentários: 0
Nkosi sikelel’ iAfrika – Deus abençoe Africa

“Tribo Reservoir” em Africa Nkosi sikelel’ iAfrika – Deus abençoe Africa: entre os dias 26 de Dezembro e 7 de Janeiro fomos à Africa do Sul. Mr. Ples, o mais antigo espécime Australopithecus africanus (espécie mais próxima da nossa) foi encontrado na Africa do Sul e data de 2,6 milhões de anos, revê numa frase de Nelson Mandela dizer “…todos somos Africanos”. Isto faz da Africa do Sul o país um Berço da Humanidade, a 28º economia mundial e a maior economia de Africa, o 25º país maior do mundo, treze vezes maior que Portugal, lar de 52 milhões de habitantes pretos (79%) originários de diversas tribos, brancos (9%) Holandeses Alemães Ingleses, mestiços coloured (9%), Indianos e Asiáticos assim classificados racialmente pelo Instituto de Estatística local! São onze as línguas oficiais o que dificulta a vida a qualquer cartório, Zulu a mais falada, Xhosa e Afrikaans são as três principais, a última falada pelos responsáveis de, ironicamente, tornar mundialmente conhecida a única palavra holandesa no Mundo – Apartheid – carimbando raças em Bilhetes de Identidade, casas de banho, transportes públicos e cidades. Vimos um povo colorido e lutador, orgulhoso na sua cultura e humilde, educado e profundamente religioso que já ganhou as higiénicas de Maslow, tendo […]

Comentários: 0
1 3 4 5